Juliana Ayres

 

Bacharel em Design Gráfico e especialista em Tecnologias aplicadas à Educação. Atua como programadora visual na Assessoria de Comunicação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo. Interesse de pesquisa em imagem, imaginário e espaço.

 

Currículo Lattes

Projeto de Pesquisa

A pesquisa busca identificar e analisar os atributos do imaginário vinculados aos índios, negros, imigrantes e migrantes da cidade de São Paulo pelos jornais paulistas a fim de evidenciar a similaridade de tais grupos no que condiz à posição social imposta pela mídia e pela sociedade. Tal posição social interfere diretamente na posição geográfica e nas interações cotidianas dos indivíduos, assim, as referências bibliográficas que fundamentam a pesquisa são Norbert Elias para o estudo das relações entre estabelecidos e outsiders e Mircea Eliade trazendo o simbolismo do centro, além de Edgar Morin, Maurício Ribeiro da Silva, Stuart Hall e Maurice Halbwachs. Para a análise proposta foram levantados textos dos jornais Correio Paulistano e A província de São Paulo/ Estado de São Paulo de 1870 à 2017 e selecionados trechos que retratam ou discorrem sobre os grupos mencionados acima.

© Mídia e Imaginário - Grupo de Pesquisas em Mídia e Estudos do Imaginário.